Você já parou para pensar como seria o candidato perfeito diante dos olhos dos empregadores? O estudo “Match Perfeito – o que buscam profissionais e recrutadores”, da Robert Half, em parceria com o Centro de Liderança da Fundação Dom Cabral, mostra o que é mais relevante na análise dos recrutadores para a escolha dos candidatos. 

Segundo a apuração, a experiência prévia do candidato, a adequação à cultura da empresa e a formação acadêmica são os fatores mais relevantes que os tomadores de decisão das empresas consideram na hora de contratar. Veja abaixo:

  1. Experiência prévia do candidato (88%)
  2. Aderência com a cultura organizacional (62%)
  3. Formação acadêmica do candidato (36%)

Contratar o profissional certo para a vaga que está aberta é uma tarefa que gera inúmeros benefícios para qualquer empresa. Dessa forma, além de receber um funcionário que produz bem, alcança então os objetivos traçados e supera assim, as metas, a companhia passa a contar com um talento que dá um novo fôlego à equipe e que se mostra capaz de influenciar até o clima organizacional.

Porém, quando o oposto acontece, ou seja, o departamento de recursos humanos e o gestor não contratam a pessoa certa, os resultados são, na maioria das vezes, os mais negativos possíveis. Desempenho fraco, mau relacionamento com a equipe e conflitos com o chefe são alguns dos comportamentos esperados de um funcionário mal contratado.

Muitos são os líderes de RH que conseguem acertar nessa tarefa e colher bons frutos. Outros, porém, ainda não encontraram a chave do sucesso dos seus processos seletivos. Você, leitor, se identificou com qual dos dois cenários acima descritos? Será que você sabe contratar a pessoa certa para a vaga certa?

O ‘fit cultural’ é um fator que vem sendo cada vez mais valorizado entre as empresas e, como mostra a pesquisa, ganha mais destaque entre as grandes companhias. No entanto, não deixa de ser relevante para empresas de todos os portes.

Contar com profissionais que se adequem à cultura organizacional é importante não só para os resultados, mas também para o clima e motivação dos colaboradores.

Aqui na Glaciano Resultados Humanos, unimos os hard skills (habilidades técnicas) com os soft skills (habilidades comportamentais/culturais) para que sua empresa diminua o turnover, tenha uma equipe equilibrada e harmoniosa e colaboradores satisfeitos. Essa união faz com que a sua empresa alavanque!

Quer saber como implementar isso no seu negócio? Fale com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *